Atualidade

Plano de Mobilidade Urbana Sustentável apresentado à Conferência Internacional sobre o futuro da mobilidade

A estratégia de mobilidade urbana da Nazaré foi uma das presenças na Conferência Internacional – o futuro da mobilidade, que juntou vários especialistas nacionais e internacionais no Centro de Congressos da Alfândega do Porto.

O Presidente de Câmara da Nazaré, Walter Chicharro, participou no painel sobre “As cidades e o planeamento da mobilidade urbana sustentável”, juntamente com Anabel Gulias, vereadora de Pontevedra, uma referência internacional em matéria de mobilidade urbana. Ambos foram apresentados como exemplos de Municípios que estão a caminhar no sentido da descarbonização e soluções sustentáveis de mobilidade.  

O Município da Nazaré é dos primeiros do país a ter um Plano de Mobilidade Urbana Sustentável como ferramenta de apoio à tomada de decisões políticas.

“A Nazaré foi convidada para falar do Plano de Mobilidade Urbana Sustentável bem como dos desafios que se colocam para o concretizar, num concelho com características muito especificas de território, com as três povoações que constituem a sede do concelho (Praia, Pederneira e Sítio) instaladas a diferentes cotas de altitude, e cuja ligação entre todas levou à apresentação de soluções especificas”, explica o autarca. 

O Plano pretende promover o modo pedonal; potenciar o uso da bicicleta nas deslocações pendulares e o uso do transporte público ecológico; diminuir as vantagens do uso automóvel e sua racionalização; promover um sistema de estacionamento que contribua para a inversão da atual tendência de repartição modal e fomentar a mudança de comportamentos, através da informação, comunicação e educação.

Contempla os transportes públicos, transportes não motorizados, a intermodalidade, a segurança rodoviária urbana, o transporte rodoviário (em movimento e estacionado), logística urbana, gestão da mobilidade, sistemas de transporte inteligentes

Como benefícios da implementação deste plano são apontadas a melhoria da qualidade do ambiente urbano, melhoria da qualidade de vida e saúde; redistribuição do espaço público; melhoria das condições de acessibilidade para todos os cidadãos; redução do tempo consumido em deslocações; maior eficiência energética; melhoria da segurança rodoviária; melhoria de transportes públicos e integração entre o planeamento das acessibilidades e o planeamento urbano.   

“Este é um plano extenso e revolucionário, que já integra investimentos/ações previstos no PEDU, e que visa, de forma gradual, ir ao encontro dos novos desafios que se colocam aos municípios na temática da mobilidade urbana, facilitando a implementação das respostas apropriadas, nas freguesias do concelho (Nazaré, Valado dos Frades e Famalicão)”, acrescenta Walter Chicharro.

Estima-se em 30 milhões de euros o investimento estimado para executar todas as ações previstas no Plano de Mobilidade Urbano Sustentável, que darão continuidade ao que já foi realizado no âmbito do Plano Estratégico de Desenvolvimento Urbano da Nazaré (PEDU), contratualizado entre a CCDR Centro e o Município da Nazaré, com um valor de comparticipação de fundos comunitários (FEDER) de 3.708.750 euros.